“A atividade e o efeito de refletir é o que conhecemos como pensamento. Por outro lado, o adjetivo crítico se refere a julgamentos ou opiniões que são consequência de uma análise. Desta maneira, o pensamento crítico se refere ao fato de pensar através de um conjunto de julgamentos que provêm de uma análise.” (Conceitos)

A análise dessa definição de pensamento crítico é um excelente começo para nós, jornalistas, percebermos em qual nível está o nosso pensamento crítico, e o que devemos mudar em relação a rotina e hábitos, para que tenhamos uma mente mais aberta. Não basta assistir telejornais e ler vários livros dos mais variados gêneros. É preciso experimentar coisas novas e assumir riscos, é preciso trabalhar em cima da lógica.

Tudo na vida pode ser considerado um “objeto de análise”. O fato de você parar para refletir sobre determinado assunto antes de agir, é uma das maneiras de trabalhar o pensamento crítico. Mas não estou falando sobre pensar demais. Excesso de pensamento pode trazer consequências negativas. O ideal é pensar o suficiente para tirar as suas próprias conclusões, conforme o trecho abaixo:

“O pensamento crítico é uma estratégia intelectual pela qual o indivíduo chega a suas próprias conclusões sem a necessidade de adaptar-se a um modelo já estabelecido. Desta maneira, o pensamento crítico significa não aceitar de cara a verdade sobre algo.” (Conceitos)

Bom, agora que você já leu a introdução do que é o pensamento crítico, vamos a parte prática. Para aprimorá-lo, você precisa (e deve):

Não se satisfazer com soluções fáceis: quando o assunto é de seu interesse, aprofunde o máximo que conseguir (até chegar em uma conclusão, lembra?).

Entender: é compreendendo um assunto por completo, que você é capaz de opinar sem correr riscos.

Desafiar a mente: exercícios de lógica ajudam em todos os sentidos. Lembra das diretas (ou palavras-cruzadas)? Então! Agora você já sabe o que fazer no tempo livre.

Variar a abordagem: quando você tem um problema para resolver, é quase automático que faça a mesma coisa que fez para resolver o seu problema anterior. Antes de fazer isso, analise! Pode ser que você encontre uma solução mais inteligente e eficaz.

Estudar inteligência emocional: não precisa aprofundar, pode ser só um vídeo mesmo. Inteligência emocional muda tudo.

Não colocar os obstáculos em primeiro lugar: os seus objetivos devem estar a frente. É assim que você terá motivação para enfrentar todos os obstáculos.

Todas essas alternativas listadas acima, servem para todas as áreas do jornalismo. Em qualquer empresa que você for trabalhar, precisará desafiar a mente, entender, ter inteligência emocional, esses são diferenciais que por mais que não pareça, refletem diretamente na sua produtividade. E todo mundo gosta de pessoas produtivas.

Estude sobre um assunto de seu interesse e escreva sobre ele, tenha suas próprias opiniões, crie um blog, deixe a sua mente livre.

Um comentário sobre “Como desenvolver o pensamento crítico”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *